IRPF

Regularize sua situação com o leão sem medo!

Para maior comodidade de quem é obrigado a entregar a Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física – a Confirp Consultoria Contábil possui uma área estruturada para atender apenas essa demanda.

Mesmo que o auge da preocupação com o tema esteja limitado aos meses de março e abril, esse atendimento se dá durante todo o ano, com acompanhamento da declaração no sistema da Receita Federal e ajuste de informações necessárias.

Nossa equipe analisa toda situação tributária da família, com o lançamento da forma correta de todos os abatimentos permitidos pela legislação para uma possível economia com impostos, podendo escolher o melhor formulário para sua declaração de imposto de renda.

Veja os diferenciais de fazer o IRPF com a Confirp:

Atendimento personalizado, por profissionais atualizados com a legislação em vigor e capacitados que garantem o sigilo das informações e ética profissional.

  Análise de Caixa e orientações para a melhor forma de preenchimento.

 Orientações para a separação de toda a documentação necessária;

 Agilidade no preenchimento do documento, respeitando os prazos estabelecidos com os clientes.

 Acompanhamento do status do processamento da declaração após a entrega, até liberação pela Receita Federal.

Possibilidade de realização de reuniões presenciais para esclarecimento de dúvidas.

Em caso da declaração ir para malha fina, será dado todo suporte na busca da solução mais rápida.

 Segurança de uma empresa que desenvolve esse serviço há mais de 30 anos.

Cuidado com as informações prestadas

A Receita Federal do Brasil possui um dos mais modernos centros de processamento de dados do mundo. Seus softwares de auditoria permitem realizar cruzamento de informações de todos os contribuintes (pessoas físicas e jurídicas) em questões de minutos, checando praticamente todas as informações, como: cartões de crédito, despesas médicas, movimentações financeiras, dentre outras.

Esses cruzamentos de informações podem ocasionar sérios problemas para as pessoas físicas por prestarem informações equivocadas ao fisco. Os problemas a serem enfrentados vão da simples retenção da declaração de imposto de renda em malha fiscal até, nos casos mais graves, o início de um procedimento de fiscalização que poderá gerar pesadas multas.